Nosso Manifesto

Existe um consenso que une a Howlin’ como coletivo – esse consenso é expresso em nosso manifesto, e é um acordo entre as bandas e artistas que participam do selo, e leitura imprescindível para as bandas que desejam fazer parte da Howlin’.

– Nossos valores fundamentais são a música feita com alma, sinceridade e coração; a autonomia de pensamento e criação e a equidade de classe, gênero e raça na música e para além dela.

– O coletivo é misto e aberto a todos os gêneros.

– Apesar de sermos reflexo de uma sociedade onde a representatividade de mulheres, negros e LGBT+ ainda é muito inferior a dos homens cis brancos, lutamos para equilibrar nosso quadro de artistas e colaboradores, de acordo com nossas diretrizes artísticas e políticas. Não há hegemonia ideológica dentro do selo, tendo sempre o debate como base de qualquer posicionamento.

– A Howlin’ Records é um coletivo de cunho artístico-musical, mas não deixa de posicionar frente à questões éticas e políticas.

– Lutamos para que em nossos eventos nenhuma pessoa se sinta oprimida, constrangida ou ameaçada.

– O selo possui diretrizes que são constantemente debatidas e atualizadas, pois buscamos sempre uma coerência com nossos valores, sem porém, negar nossas contradições, inerentes a qualquer coletivo verdadeiramente diverso.

– Somos a favor da construção de um cenário musical sustentável e não competitivo. Onde a música seja a prioridade sempre.

– Somos contra qualquer tipo de preconceito, abuso e opressão. Em casos onde há histórico dessas atitudes envolvendo quaisquer atores do cenário musical, o selo dá a liberdade de ação a seus artistas e colaboradores, mas irá sempre se posicionar como coletivo depois de debater e deliberar sobre cada caso. As mulheres que colaboram com o coletivo estão sempre à disposição para oferecer auxílio e apoio às vítimas do machismo, e todo o selo está à disposição das vítimas de racismo e LGBTfobia.

– A Howlin’ é aberta ao diálogo e busca sempre estar de acordo com os valores aqui manifestos.

E por fim: morte ao patriarcado!

Share:
Howlin Records – Todos os direitos reservados © 2014-2018